8 Dicas para fazer Massa de Coxinha

Como Fazer a Massa de Coxinha de seus Sonhos

Não há quem nesta vida não tenha experimentado alegrias e tristezas na hora de saborear esta nossa paixão nacional que é a coxinha.

Ora ela vem com recheio sem sabor, ora queimada, ora com a massa crua e mole, ora com a massa com ligeiro sabor azedo.

É uma tristeza quando isso acontece, não é mesmo?

Mas vou passar aqui algumas dicas e segredinhos para aquela massa de coxinha dos seus sonhos.

Vamos começar reservando os ingredientes necessários para esse sucesso.

coxinha-aberta 8 Dicas para fazer Massa de Coxinha

Ingredientes:

  • 1 kg de farinha de trigo
  • 1 l e 700 ml de água
  • 100 g de margarina
  • 40 g de caldo de galinha
  • 1 cebola ralada
  • 10 g de sal

Modo de Preparo da Massa de Coxinha:

Levamos a panela para aquecer a água e vamos acrescentando todos os ingredientes.

Em primeiro lugar colocamos quase toda a manteiga, reservando um pouquinho da manteiga que será utilizado em seguida junto com a farinha.

Adicionamos à água toda a cebola, o caldo de galinha e vamos mexendo até que o caldo de galinha se dissolva e experimentado para ver se será necessário acrescentar o sal, pois dependendo do caldo ele já pode estar um pouquinho salgado.

É preciso tomar cuidado e ir devagar, sempre provando, provando…

Vamos deixar essa água ferver e quando estiver fervendo vamos acrescentar a farinha de uma vez.

Importante: essa farinha tem de estar peneirada.

Quando a água estiver fervendo é bom não deixá-la ferver por muito tempo para essa água não evaporar.

Levantou fervura colocamos a farinha toda de uma vez.

E atenção: mexa devagar tomando muito cuidado para não espirrar. E não se apavore, porque a massa vai empelotar, mas depois se dá um jeitinho de desempelotar.

Vamos devagar mexendo bem para essa água absorver toda a nossa farinha e não se preocupe com a massa empelotada.

Controle o fogo para não queimar o fundo. E continuamos mexendo, mexendo.

Dica 1: lembra daquele restinho de manteiga que reservamos?

Pois bem, é hora de colocá-lo no fundo da panela para ajudar a desgrudar nossa massa do fundo da panela.

Cinco minutos depois a nossa massa já está pronta! Você constatará como ela já está desgrudando no fundo da panela…

Ai se retira da panela e se coloca na bancada para a massa ser sovada.

Dica 2: Passe um pouco de óleo na bancada para despejar a massa. Assim ela não grudará.

Com a ajuda de um raspador se começa a sovar a massa. Para a frente, para trás, para um lado e para o outro.

A massa bem sovada ficará uma beleza: lisa, sem bolinhas, sem pelotas. Continua a sovar até que ela fique morninha para poder ser utilizada.

A seguir passa-se com as mãos um pouquinho de gordura na massa.

Agora é preciso deixar a massa descansando ou esfriando na bancada.

Dica 3: Se a massa ficar descoberta, criará casquinha, o que não pode acontecer.

Então se cobre a massa com um pano de prato e para retirar todo o ar em cima do pano se coloca um plástico.

Dica 4: Não cubra diretamente com o plástico, porque essa massa ainda quente vai criar muitas bolinhas de vapor e isso prejudicará a massa. Então precisamos colocar primeiro o pano de prato, depois o plástico até se começar a utilizar a massa.

Modo de Preparo do Recheio de Coxinha:

Agora chegou a vez do suculento recheio da coxinha para o qual vamos precisar de:

  • 1 k de peito de frango cozido em água com um pouquinho de sal e algumas folhinhas de louro e depois se desfia o frango
  • 100 g de margarina
  • 1 cebola picada
  • 15 g de colorau
  • 1 maço de cheiro-verde picado.

Mas esta parte fica a seu gosto!

Começamos colocando na panela a manteiga ou margarina para derreter. Acrescentamos a cebola bem picadinha e vamos fritar um pouquinho essa essa cebola. Acrescentamos o colorau, o frango desfiado, e mexemos, mexemos bem. E no final, aquele toque especial do cheiro-verde.

Agora é preciso experimentar o recheio e dar aquelas pitadinhas de sal que forem necessárias.

Dica 5: Coloca-se o sal com as pontas dos dedos para não haver risco de salgar o recheio.

Já temos a massa supimpa e o recheio saboroso.

Modo de empanar a Coxinha:

Agora precisamos nos preparar para empanar.

Para isso será necessário:

  • 1/2 litro de água
  • 20 g de amido de milho
  • 700 g de farinha de rosca.

Levamos esta água ao fogo como o amido para fazer uma espécie de goma.

Dissolva primeiro o amido em um pouco de água e acrescente à água da panela que vai ferver.  Mexa sempre até engrossar e formar uma espécie de goma. Desligue o fogo.

Vamos agora modelar as coxinhas.

Volte para a massa, coloque um pouquinho de óleo na bancada e sove a massa novamente.

Chegou agora a hora de esticar essa massa, lembrando que uma coxinha para festa pesa em média de massa umas quinze gramas e uma coxinha de boteco pode pesar em torno de cem gramas depois de pronta.

Corta-se em pequenos cubos a massa que foi esticada.

Vou girando essa coxinha na mão e com os dois dedos polegares vou modelando para ficar mais fundo e grosso no centro. Ela vai ficar com a aparência de uma canoinha.

Pegamos agora boa quantidade de recheio e colocamos bem no centro da canoinha. Com um dos polegares seguramos o recheio e com os outros vamos fazendo uma trouxinha de maneira que não fique ar dentro dela. E fazemos o biquinho da coxinha.

Agora chegou o momento de modelar a coxinha com as palmas das mãos, girando-a de um lado para o outro, acertando tudo.

E a primeira coxinha ficou pronta. Agora é só repetir o processo com os outros cubinhos de massa!!!

Dica 6: Pode-se acrescentar requeijão cremoso no recheio para dar um toque a mais de sabor.

Em duas travessas nós temos numa delas a goma, feita com a água e o amido, ela ainda está morna e numa travessa ao lado a farinha de rosca.

Umedeço as mãos com aquela espécie de goma, pego duas ou três coxinhas e passo também a goma em todas elas.

Dica 7: essa espécie de goma vai ajudar bastante a não encharcar a coxinha, ela vai criar uma capa de proteção para o salgadinho e também não vai deixar sujar muito a farinha de rosca. E isso é ótimo!

E aí se coloca as coxinhas umedecidas na travessa da farinha de rosca. E todo esse processo é muito rápido, com pouca sujeira e elevado rendimento.

Agora enxugo as mãos para retirar o amido e começar a fazer o empanamento. E pronto. Frita-se com um litro de óleo a uma temperatura de cento e oitenta graus, cuidando para não colocar uma quantidade grande de coxinhas dentro da panela para não esfriar o óleo.

Dica 8: siga à risca esse passo-a-passo, cuidando das quantidades certas de todos os ingredientes sem desdenhar o segredinho da goma de amido de milho, que vai proteger o salgado para que ele não fique encharcado.

Gostou? Deixe então seu Comentário!